quarta-feira, 9 de março de 2016

Se entrar, fica




Distancie do meu exagero, das minhas fugas da realidade e da minha carência que só abraços são capazes de curar. Pode soar simples, mas não queira entrar nessa confusão sem tirar os sapatos. 
Não arrume minhas gavetas e tão pouco a minha cama. Não me tire para dançar e nem invente de trazer pizza para o jantar. Não coloque sua música em mim, não recite autores sem intenção. Mas se os fizer, fique e tenha paciência, por favor. 
Porque eu vou segurar na tua mão e te levar para conhecer minha visão de mundo. Farei caretas e piadas, na maioria das vezes para fugir dos momentos ruins, e, na sua caixa de emails, terá sempre um texto, assim, sem motivo, provando meu carinho por você.
Se realmente deseja entrar, eu até arrumo um espaço no guarda-roupa para você. Permitirei que você conheça minhas fantasias e segredos. Protegerei-te de ciúmes e serei sua melhor amiga. 
Mas seja intenso, está bem? Exagere, me proteja e não me abandone. Por favor, não me ignore, não guarde nada para si e, acima de tudo, não arrume suas malas de repente. 
Não guarde mais "e se", desperdício-os comigo.   
Postar um comentário